DISPERSOS DE CAMILO

DISPERSOS DE CAMILO

18094-L2-008
  • 200,00 €


BRANCO (Camilo Castelo).— DISPERSOS DE CAMILO. Compilação e Notas de Julio Dias da Costa. Coimbra. Imprensa da Universidade. 1924-1929. 5 vols. 16,5x22 cm. E.

“(...) Algumas palavras, agora, sôbre o plano do meu trabalho. A compilação é apenas de prosas, porque as poesias camilianas estão, na sua quase totalidade, coligidas. Era muito dificil fazer a classificação rigorosa dos diversos escritos que formam o primeiro grupo desta colectânea, pois muitos dêles tratam de mais dum assunto, sendo, em grande parte, miscelâneas de critica de costumes, teatral, literária, política, etc. Tais escritos, na sua maioria folhetins, ficariam mal em qualquer das classes, se uma houvesse para cada género. Para o evitar, resolvi agrupá-los sob a rubrica de Crónicas, por ser êste o género literário que nêles predomina (...)”.” — retirado da Introdução.

Primeira edição desta colectânea dos escritos dispersos de Camilo, ilustrada com numerosos retratos impressos em folhas à parte.

Volume I — Crónicas (1848-1852).

Volume II — Crónicas (1853-1856).

Volume III — Crónicas (1857-1885).

Volume IV — Artigos (1846-1889).

Volume V — Romances (1848-1863).

Encadernações editoriais. em tecido gravadas a seco e negro na pasta da frente. Alguma acidez, nas páginas de texto. Valorizado pela dedicatória  de Júlio Dias da Costa.