DICIONÁRIO DE LITERATURA

DICIONÁRIO DE LITERATURA

18170-L2-001
  • 120,00 €


DICIONÁRIO DE LITERATURA. 3ª edição. Direcção de: Jacinto do Prado Coelho. 1984. Figueirinhas. Porto. 6 vols. 19,5x25 cm.  E.

"Esta é a primeira obra que procura abranger na totalidade, e em estreita correlação, as literaturas portuguesa, galega e brasileira, contribuindo assim para uma consciência mais perfeita da unidade cultural dos três povos de língua comum. Embora a Galiza e o Brasil andem sempre no coração dum letrado português, tão apertados são os laços étnicos e históricos que nos irmanam, não foi a motivos sentimentais que obedeceu o plano deste Dicionário, mas sim a motivos, penso eu, rigorosamente científicos. Na verdade, o critério que melhor permite balizar e situar uma literatura, é o critério linguístico, porque a língua — instrumento da criação verbal de signo estético — pressupõe, isto é, espelha e , ao mesmo tempo, determina, um modo peculiar de sentir e de conceber o mundo. (...) A obra tem um carácter histórico-literário (...)”  — Da advertência  da 1ª edição.

Dirigido por Jacinto Prado Coelho, que também presta colaboração juntamente com: António Coimbra Martins, André Crabbé Rocha, António Soares Amora, Carlos Eduardo de Soveral, Celso Cunha Ferrera, Diogo Catalan, David Mourão-Ferreira, Delfim Santos, Ernesto Guerra Da Cal, Emilio González López, Ester de Lemos, Hernâni Cidade, José Augusto-França, José Palla e Carmo, João Palma Ferreira, Leandro Carré Alvarellos, Luis Filipe Lindley Cintra, Luis Forjaz Trigueiros, Maria Leonor Belchior, Massaud Moisés, Naief Sáfady, Rámon Lugris, Túlio Ramires Ferro, Urbano Tavares Rodrigues, Vitorino Nemésio, entre outros.

Nota: O 6º volume é uma Actualização do 1º volume (de A-D).

“Quando, em 1984, Jacinto Prado Coelho nos deixou, estava em curso a actualização deste Dicionário. Urgia rever a 2ª edição, o que, após derivas, se faz agora.(...)” — retirado da Advertência.

Encadernações do editor.