ANTOLOGIA DOS ECONOMISTAS PORTUGUESES

ANTOLOGIA DOS ECONOMISTAS PORTUGUESES

10538-L


SÉRGIO (António).— ANTOLOGIA DOS ECONOMISTAS PORTUGUESES. Selecção, prefácio e notas de António Sérgio. Século XVII. Obras em português. Lisboa. Oficinas Gráficas da Biblioteca Nacional. 1924. 15,5x22 cm. VI-LII-392-II págs. B.

“Poucos países há, certamente, em cuja história seja tão sensível, de ponta a ponta, o influxo do facto económico, como êste nosso: poucos há, também, cuja história económica fôsse tão desprezada; e será acaso dos maiores obstáculos ao ressurgimento da nossa Pátria a falta geral de conhecimentos sólidos das condições económicas em que evolucionou. Se algum mérito se pudesse achar nos ensaios históricos que delineei, seria de-certo o de pôr em relêvo o condicionamento económico dos nossos feitos, a dependência em que estiveram sempre as necessidades vitais da Europa inteira, e a consciente finalidade, o objectivo comercial, a scientífica execução das empresas de descobrimento (...)”

Brilhante antologia com as valiosas notas de António Sérgio, sobre essencialmente três obras de três grandes vultos da história portuguesa, como se ode ver no índice: Diálogos do Sítio de Lisboa, de Luís Mendes de Vasconcelos, 1608; Dos Remédios para a Falta de Gente, por Manuel Severim de Faria, 1655;  e Introdução das Artes do Reino, por Duarte Ribeiro de Macedo, 1675.

Exemplar com a capa da brochura amarelecida. Raro