ANGOLA COMO EU A VI EM 1930-1931

12060-B1


FARO (José de Sousa e).— ANGOLA COMO EU A VI EM 1930-1931. Ilustrado com algumas gravuras originais. Imp. da Armada. 1932. 17x23,5 cm. 233-III págs. B.

“O presente trabalho representa um conjunto de apontamentos diversos, coligidos durante os catorze meses e pouco mais que durou a minha permanência em Angola como Governador Geral, constituídos por impressões várias e sugestões ocorrentes, a que à fôrça de paciência consegui dar-lhes corpo e lançar à publicação. (...) Tratarei dos assuntos desapaixonadamente, desprovido como sou da paixão política, que tanto faz luzir e realçar as prendas dos homens públicos e muitas vezes também os obriga a pecar no julgamento dos factos e das pessoas. Seguindo uma ordem metódica, vou dar curso aos factos sucessivos, que virão explicar cabalmente a razão da presente publicação (...)”.

Do índice: I - Alguns elementos etnográficos; II - Situação económica — Movimento transaccional; III - A produção geral — Política indígena para a produção e imposto — Culturas necessárias; IV - Orçamento para 1931-1932 — Como se conseguiu o equilíbrio — Casos ocorrentes — Alvitres oportunos; V - Comércio europeu — Defeitos da rotina — Sugestões convenientes; VI - Questão indígena — Prestação de trabalho — Agricultura e criação de gados; VII - Algumas medidas oportunas — Executadas, propostas e em projecto; VIII - Obras de fomento essenciais; IX - Colonização em geral — Pequena colonização — Missões rurais — Aldeamentos — Grande colonização — Capitais — Companhias e Emprêsas; X - A Bacia Convencional do Congo — Regímen aduaneiro e comercial nas regiões limítrofes; XI - A primeira transversal ferro-viária da África — A Exposição de Elizabethville — O pôrto do Lobito e Katanga; XII - O perigo estrangeiro e seu reflexo em Angola — Prevenções necessárias — Defesa da Colónia. Conclusão.

Ilustrado em folhas à parte.

De raro aparecimento no mercado.

Capa da brochura com manchas de acidez, próprias do papel. Miolo limpo.