ACERCA DO INTEGRALISMO LUSITANO

ACERCA DO INTEGRALISMO LUSITANO

12426-L1
  • 25,00 €


PROENÇA (Raul).— ACERCA DO INTEGRALISMO LUSITANO. Prefácio de Manuel Mendes. Lisboa. Seara Nova. 1964. 12,5x19 cm. XIV-II-106-II págs. B.

“Durante e meia dúzia de anos verdadeiramente cruciais para a República, que vão de 1920 a 1926 — da vencida Monarquia do Norte (...) até ao movimento de 28 de Maio, que constitui a Ditadura Militar — no decorrer de tão perturbado período da vida nacional, quando as forças da reacção se agitam, organizam e mancomunam, para derrubar o regime de larga tolerância política instaurado pelo povo, em Outubro de 1910, Raul Proença, na sua tribuna da Seara Nova, afirma-se com autoridade, relevância e razão indiscutíveis, como o primeiro doutrinador da Democracia republicanas. As surdas cavilações e ameaças de toda a espécie, que atentavam contra o regime, foi ele a denunciá-las, com sobressalto e numa previsão justa dos acontecimentos, que o tempo não fez senão confirmar (...)” — do prefácio de Manuel Mendes.

Edição em volume dos artigos que Raul Proença sobre o Integralismo Lusitano publicou na Seara Nova.

Por abrir.