ERMESINDE. Monografia histórico-rural.

ERMESINDE. Monografia histórico-rural.

16750-B1


BEÇA (H.).— ERMEZINDE. Monografia histórico-rural. Porto. Companhia Portugueza Editora. 1921. 17,5x23 cm. 96 págs. B.

“A monografia de Ermezinde está iniciada desde que em Julho de 1909 foi aberto pelo ministério das obras publicas do extinto regimem um Concurso de Monografias a que esta era destinada, mas o que o proximo advento da Republica não permitiu, por ter quedado letra morta o decreto que a tais concursos instituia e que era assinado pelo ministro Alfredo Barjona. Desnecessario é encarecer a utilidade de tais concursos e os serviços que á historia, à população, à agricultura, ao comercio e industria, `higiene, à instrução popular, etc., eles podiam prestar e o estimulo que representavam para os estudiosos que no seu plano organico encontravam recompensas morais e materiais para o seu trabalho (...)”. — retirado de Duas Palavras de Prólogo

Monografia de raro aparecimento no mercado, ilustrada nas págnas de texto e em folhas intercaladas.

Capa da brochura e lombada denotando uso e manchas de acidez, próprias do papel.