SILÊNCIOS DO REGIME (OS)

SILÊNCIOS DO REGIME (OS)

16956
  • 8,00 €


BARRETO (António).— OS SILÊNCIOS DO REGIME. Ensaios. Editorial Estampa. Lisboa. 1992. 14,5x21 cm. 214-IV págs. B.

“A política começa com a palavra. Sem a palavra, não há política. Nem democrática, nem autoritária. (...) Do outro lado da palavra, há os silêncios que, num regime de liberdades, são políticos. Como já o eram , em regime autoritário, quando os que resistiam começavam por falar. Os silêncios traduzem cumplicidade, aquiescência, medo, submissão; mas também ordem estabelecida, interesses inconfessáveis ou oportunismo. (...)” — retirado da primeira página de texto.

Inserido na colecção Imprensa Universitária.