SONS QUE PASSAM

SONS QUE PASSAM

20409-L2
  • 25,00 €


RIBEIRO (Tomás).— SONS QUE PASSAM. Sexta edição. Porto. 1908. Livraria Chardron, de lello & Irmão editores. 12x18,5 cm. XIII-I-322 págs. E.

“Quem habitualmente vive nos campos conhece e aprecia os — SONS QUE PASSAM — vozes que se cruzam nos ares, que se repercutem em echos, e vão perder-se na porção que diminue o Côro-borborinho da humanidade; harmonias que não cabem na arte e se perdem na natureza; cantos que só teem afinação no theatro modelado pela acustica do infinito (...)”.— retirado do Prefácio à 1ª edição.

Encadernação editorial. Assinatura de posse, antiga, na página de anterrosto e primeira página do texto. Pequena rubrica de posse no canto superior esquerdo da página 100.