PRESENÇAS ETERNAS

PRESENÇAS ETERNAS

20188-L2
  • 15,00 €


BARROS (João de).— PRESENÇAS ETERNAS. Livraria Sá da Costa. Lisboa. (1943). 12,5x19 cm. 286-II págs. B.

“Almas dos seres e das coisas... Presenças eternas, claridades que não se extinguem, labaredas que não se apagam, vozes que nunca emudecem o seu cântico ou o seu gorgeio... (...)”.— retirado do Limiar.

Ou, da Nota Final: “Não se veja neste livro senão um modesto, um pobre lucilar de lumes votivos, em honra e louvor de figuras amadas e veneradas, e dalgumas idéias e dalguns factos que deixaram sulco profundo no coração e no espírito do autor (...) ".

Dessas “figuras”, constam, entre outras, Guerra Junqueiro, Columbano, Teixeira Gomes, Jaime Batalha Reis, Manuel de Sousa Pinto, António Patrício, João de Deus, Antero Gomes Leal, Teófilo Braga, Camilo, Fialho, Manuel Laranjeira, etc.

Capas da brochura com manchas de acidez, próprias do papel. Pequena rubrica de posse no canto superior esquerdo da página 100