PLANÍCIE

PLANÍCIE

20465-L2
  • 80,00 €


FONSECA (Manuel da).— PLANÍCIE. Poemas.  Coimbra. 1941. (Tipografia da Atlântida). 17,5x23,5 cm.  57-III págs. B.

O Novo Cancioneiro surge com um grupo de jovens poetas integrados no movimento do neo-realismo, que nos anos de 1941 e 1942 tentaram criar uma poesia de carácter social de oposição ao regime salazarista, publicando a colecção de 10 volumes com este título, todos eles, hoje em dia, de difícil aparecimento no mercado.

O volume que agora se apresenta é o nº 6 da colecção coimbrã Novo Cancioneiro, com vinhetas e estampas hors-texte, sobre motivos alentejanos desenhadas por Manuel Ribeiro de Pavia.

Capas da brochura com manchas de acidez, próprias do papel. Pequena rubrica de posse no canto superior esquerdo da página 52..